Tamanho do texto

Por causa da gravidade da Terra, órbita da ISS precisa ser corrigida frequentemente

Atualmente três astronautas estão na Estação Espacial Internacional
Nasa
Atualmente três astronautas estão na Estação Espacial Internacional
A altura média da órbita da Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês) foi elevada em 1,8 quilômetro, informou nesta quinta-feira (1) o Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia.

A operação foi realizada com os propulsores de correção do módulo de serviço Zvezda, que faz parte do segmento russo da plataforma, contou porta-voz do CCVE à Agência "Interfax".

A fonte informou que os propulsores do Zvezda foram ligados às 21h11 (horário de Brasília) da quarta-feira (30) e permaneceram em funcionamento durante 63 segundos.

Leia mais:
Aurora austral é vista em foto tirada pela ISS
Destino final da ISS será o mar, afirma Rússia
Nasa diz que fragmento de satélite chinês não ameaça ISS
Lixo espacial em rota de colisão põe a ISS em alerta vermelho, em abril

Esse impulso deu à ISS uma aceleração de 1 metro por segundo e elevou em 1,8 quilômetro a altura média de sua órbita, até 392,2 quilômetros.

A correção de órbita da estação espacial é um procedimento de rotina, já que essa perde entre 100 metros e 150 metros de altura a cada dia devido à gravitação terrestre, a atividade solar e outros fatores.

Uma expedição formada por três tripulantes está atualmente a bordo da ISS: os astronautas russos Anton Shkaplerov e Anatoli Ivanishin e o americano Daniel Burbank.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.