Óleo armazenado em sacos foi levado de volta ao mar
Divulgação/Guardiões do Litoral
Óleo armazenado em sacos foi levado de volta ao mar


Cerca de cinco toneladas de óleo recolhidas por voluntários na praia de Itacimirim , em Camaçari, no litoral norte da Bahia, foram puxados de volta ao mar pela força da maré, durante a última terça-feira (10). De acordo com os Guardiões do Litoral, grupo de ativistas que fez a limpeza do local, a Prefeitura foi avisada sobre a localização dos sacos com as substâncias removidas, mas a coleta não foi feita.

O caso foi citado por Miguel Accioly, professor de ecologia costeira da Universidade Federal da Bahia, durante a 14ª reunião da CPI do derramamento de Óleo no Nordeste, realizada também na terça-feira.

 “O problema continua, apesar de a emergência ter sido dada como finalizada. Voluntários comunicaram os órgãos estaduais, federais, acertaram o local onde deveriam ser colocados, e colocaram os ‘big bags’ (sacos) em terra, mas estava havendo uma ressaca. A prefeitura não recolheu isso na segunda-feira, e na terça o mar recolheu de volta”, disse Accioly.

Ver essa foto no Instagram

Praia de Itacimirim 10/03/2020 🎥: Maurício Cardim @olhodaguapiscinas

Uma publicação compartilhada por Guardiões do Litoral (@guardioes_do_litoral) em


A Prefeitura de Camaçari ainda não se pronunciou sobre o corrido. Anteriormente, no entanto, havia informado, em nota oficial, que profissionais do poder municipal estavam participando da limpeza junto aos voluntários.

Leia também: Caçadores matam girafas brancas raras dentro de santuário no Quênia

Antes das cinco toneladas recolhidas durante o último final de semana, os Guardiões do Litoral recolheram três toneladas no dia 1º de março. Essas manchas estavam soterradas pela área, e agora, ao reaparecerem, tomam uma forma mais pastosa.

O último levantamento de ocorrências de óleo foi divulgado pelo Ibama no dia 4 de março, sem apontar nenhum área “oleada”. Segundo o documento, as áreas atingidas apresentavam apenas vestígios da substância, e muitas já foram consideradas limpas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários