Tamanho do texto

Caso ocorreu em cidade do interior da Rússia; diretora de zoológico ficou surpresa com adaptação do felino que não mostrou nenhuma agressividade

A “idosa” Rosinka não demonstrou agressividade nenhuma com o macaco, que já começa a ficar mais levado
Reprodução/BBC
A “idosa” Rosinka não demonstrou agressividade nenhuma com o macaco, que já começa a ficar mais levado

Um filhote de macaco-esquilo abandonado pela mãe em um zoológico da Rússia foi “adotado” por uma gata.

Tatyana Antropova, diretora do zoológico de Tyumen, levou o recém-nascido para casa após a mãe do macaquinho se recusar a carregá-lo nas costas.

Para surpresa da funcionária, a gata, chamada Rosinka e de 16 anos, acolheu o pequeno macaco, chamado Fyodor.

“Eu acho que ele irá ficar conosco um mês montando nas costas da gata. Daí será transferido a um recinto com outros macacos e começará a receber comida de adulto”, disse Antropova.

A “idosa” Rosinka não demonstrou agressividade nenhuma com o macaco, que já começa a ficar mais levado, mordendo e beliscando.