Tamanho do texto

Descoberta confirma que cerimônias de sacrifício aconteciam junto ao Muro das Lamentações há 2000 anos

Selo encontrado em Jerusalém tem as palavras
AP
Selo encontrado em Jerusalém tem as palavras "puro para Deus" em aramaico antigo
Arqueólogos israelenses disseram no domingo (25) ter descoberto um carimbo de argila de 2 mil anos, perto do Muro Ocidental, também conhecido como Muro das Lamentações, de Jerusalém, confirmando relatos escritos de rituais que eram realizados no templo sagrado judaico.

Mas o objeto do tamanho de um botão tem as palavras inscritas em aramaico "puro para Deus", indicando que era usado para certificar alimentos e animais usados para cerimônias de sacrifício.

Conheça outras descobertas arqueológicas em Israel:
Basílica em Israel pode abrigar túmulo do profeta Zacarias

Israel e Google publicarão na internet manuscritos do Mar Morto
Tábua encontrada em Israel é parecida com Código de Hamurabi

O Muro Ocidental faz parte de um complexo conhecido pelos judeus como o Monte do Templo e pelos muçulmanos como o Nobre Santuário, onde a mesquita islâmica al-Awsa e o Domo da Rocha estão localizados.

"Parece que o objeto era usado para marcar produtos ou objetos que eram trazidos para o Templo, e era imperativo que fossem puros segundo rituais", disse a Autoridade de Antiguidades de Israel, em comunicado para divulgar a descoberta.

A entidade disse acreditar ser a primeira vez que tal selo foi escavado, oferecendo uma prova arqueológica direta de rituais que eram realizados no templo e que eram descritas em textos antigos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.