Tamanho do texto

Novo módulo transportará até seis turistas para a estação espacial em órbita durante 10 dias; projeto ocorrerá uma vez por ano e custará R$ 320 milhões

Agência espacial do país  Roscosmos estima inaugurar um hotel cinco estrelas na estação espacial russa em 2021
Reprodução/RussianSpaceWeb
Agência espacial do país Roscosmos estima inaugurar um hotel cinco estrelas na estação espacial russa em 2021

Já se imaginou viajando para o espaço? Isso será possível em breve, já que, a Rússia planeja fazer passeios turísticos para a Estação Espacial Internacional (ISS) a partir de 2022. A ideia foi confirmada pelo chefe da empresa espacial russa, Vladmir Solnrsev, na quinta-feira (1º).

Leia também: Cobra pendurada em árvore devora um gambá adulto por inteiro; assista ao vídeo

O plano dependerá de um novo módulo que deve transportar até seis turistas para a estação espacial em órbita durante 10 dias. E, como é de se imaginar, a viagem intergaláctica custará uma boa quantia de dinheiro para os 'aventureiros'. De acordo com o Daily Mail, o pacote sairá por, aproximadamente, R$ 320 milhões.

"Os analistas de mercado confirmaram que pessoas com grande poder aquisitivo pensam nesse tipo de viagem. Estamos até pensando em dar um desconto para o primeiro turista”, afirmou Solnrsev ao jornal russo Komsomolskaya Pravda.

Novos módulos

Para que o transporte seja possível, a equipe russa está construindo um novo módulo apelidado de “NEM-2”. Ele deve ficar pronto no ano que vem, sendo equipado com seis cabines confortáveis, dois banheiros e internet. Segundo o chefe da ISS, o fabricante de aeronaves norte-americano Boeing mostrou-se interessado em firmar uma parceria para o projeto, que ocorrerá uma vez ao ano.  

Leia também: Cientista encontra ossos de 'galã' da Era do Bronze, morto há mais de 3 mil anos

Vale mencionar que o turismo espacial é um setor em desenvolvimento, dominado por empresas ocidentais, como a Virgin Galactic, que revelou seu SpaceShipTwo comercial há dois anos. 

Em dezembro de 2017, a agência espacial Roscosmos comunicou estar revisando seus relatórios para a construção de um hotel cinco estrelas na própria ISS. A "suíte orbital de luxo" contará com quatro cabines privadas, seguranças particulares e vista para a Terra.

Já o hotel de luxo terá uma área para observação do espaço, duas estações de higiene e medicina, além de conexão de internet via wi-fi e uma academia para que os hóspedes possam manter a forma.   

Leia também: Inversão de polos magnéticos pode tornar a Terra inabitável, apontam cientistas

No total, o habitat  estimado em R$ 60 bilhões pesará 20 toneladas e será financiado por investimentos públicos e privados. O principal contratado da estação espacial da Rússia, a RKK Energia, conta que o hotel poderá ser ocupado por até 12 pessoas, com diárias de até R$ 6 milhões. A inauguração deve ocorrer em 2021.