Tamanho do texto

Novo estudo afirma que é possível verificar como fêmeas reagem a parceiros em potencial através de fotografias para formar pares antes da reprodução

Método incomum está sendo testado com fêmeas de orangotango e bonobo (foto) em parque de primatas na Holanda
Reprodução
Método incomum está sendo testado com fêmeas de orangotango e bonobo (foto) em parque de primatas na Holanda

Uma reserva de animais na Holanda está fazendo primatas reagirem a imagens de outros animais da mesma espécie através de um tablet, em um aplicativo apelidado “Tinder para orangotangos”.

LEIA MAIS: Bebês orangotangos são resgatados dentro de táxi na Tailândia

Imagens de outros primatas são mostradas a orangotangos e bonobos do Parque de Primatas Apenheul, em Apeldoorn, na Holanda. Através das reações dos animais (de neutro a agressivo) os pesquisadores são capazes de entender melhor as emoções destas espécies.

“Depois de ver as fotografias, os macacos devem apertar um botão na tela. Dessa forma, podemos medir a capacidade de reação deles”, disseram representantes do parque ao site britânico “Metro”.

Conduzida em parceria com a Universidade de Leiden, a pesquisa pode ajudar a melhorar os programas de reprodução entre primatas. “Apenhaul quer saber se orangotangos fêmeas podem demonstrar preferência entre parceiros potenciais vendo fotografias no tablet antes os parceiros sejam enviados à Holanda”, escreveu um jornal local.

De acordo com resultados primários, os bonobos, que são uma espécie de primatas ameaçados de extinção, demonstram mais reações a fotos que retratam comportamentos positivos, como atividade sexual ou busca por piolhos.

LEIA MAIS: Macaco fumante que trabalhava em cassino morre aos 24 anos

“O estudo mostra que primatas prestam atenção às emoções de seus colegas. Agora sabemos, por exemplo, que bonobos usam a linguagem corporal para reconhecer sentimentos”, afirmaram pesquisadores.

Apesar de parecer promissor, o estudo precisou ser interrompido temporariamente entre os orangotangos depois que Samboja, uma jovem fêmea do parque, destruiu um tablete que mostrava parceiros em potencial.

Bonobo

Também conhecido como chimpanzé-pigmeu, o bonobo é o animal vivo que mais se assemelha geneticamente aos humanos. Uma característica que assemelha o animal aos homens, por exemplo, é a capacidade de se locomover de forma bípede quanto tem as mãos ocupadas.

Eles exibem comportamento altamente sexual, com relações heterossexuais e homossexuais que ocorrem não somente para a reprodução, mas também para adquirir status social, acalmar conflitos, demonstrar afeto, reduzir o estresse ou simplesmente porque estão excitados. Além dos humanos, bonobos são o único animal a acasalar com o macho olhando para a fêmea.

LEIA MAIS: Chimpanzés infectados e deixados por laboratório de NY colonizam ilhas africanas

A espécie de primatas é classificada como ameaçada de extinção na lista vermelha da IUCN. Estes animais passaram a ser mais ameaçados especialmente por causa da destruição de seu habitat e o crescimento da caça de carne de animais silvestres no Congo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.