Tamanho do texto

Há um ano, dono nota troca de carinho entre a dupla, que já foi vista "fazendo coisas impróprias" na Austrália; especialistas dizem que comportamento se deve à situação de isolamento

BBC

Segundo cientistas, a atração entre a dupla pode ter sido causada pelo feromônio da porca
Ryan Frazer/BBC
Segundo cientistas, a atração entre a dupla pode ter sido causada pelo feromônio da porca


Uma porca e um canguru desenvolveram um relacionamento incomum em uma remota cidade localizada bem no centro geográfico da Austrália. Os dois animais passam os dias juntos e, inclusive, parecem expressar o quanto gostam um do outro com gestos de carinho.

O comportamento da dupla, que vive em um centro turístico na cidade de Alice Springs, é surpreendente e muito raro. Segundo especialistas, os animais agem desta forma provavelmente porque estão juntos em uma situação de isolamento. 

O dono do centro, Greg Dick, disse que os dois passam muito tempo juntos e que estão "apaixonados" um pelo outro desde que a porca Apples chegou ao local, há cerca de um ano. Dick conta, inclusive, que já os viu dormir juntos, se abraçarem e "fazerem outras coisas". "Com frequência, os turistas que nos visitam veem a porca e o canguru fazendo coisas impróprias", diz.

“Uma boa tentativa”

Batizado com um nome em inglês impublicável, inspirado em sua famosa libido, o canguru vive há 28 anos neste centro turístico de beira de estrada, onde há uma loja, um posto de gasolina, um local para acampar, um hotel e uma variedade de animais.

Morador de Sydney, o australiano Ryan Frazer fotografou um momento íntimo da dupla em sua última viagem ao interior do país. "Percebemos que estavam se tocando, até quando estávamos bem ao lado deles", conta Frazer. "Ficaram caminhando e se esfregando um no outro, e, por um momento, a porca subiu nas costas do canguru."

O
Ryan Frazer/BBC
O "romance" entre os animais começou há cerca de um ano, com a chegada da porca Apples


“Aberração”

Mark Eldridge, chefe do departamento de pesquisa do Museu Australiano, diz que o comportamento do canguru é uma "aberração". "Cangurus criados pelos homens, rodeados por outros animais, podem apresentar comportamentos atípicos assim", destaca.

"Conheço outros casos em que cangurus e outros marsupiais em cativeiro consideraram outros animais como seus pares sexuais." Eldridge cita como exemplo o caso de um wallaby – marsupial menor que o canguru – que, por diversas vezes, tentou acasalar com os coelhos com os quais divida uma jaula.

Dereck Spielman, especialista em comportamento animal da Universidade de Sydney, explica que as porcas emitem um feromônio muito forte, o que pode explicar a atração do canguru. Segundo ele, as porcas são "programadas" para ficarem quietas quando sentem uma pressão na parte inferior do lombo e que talvez por isso Apples se submeta ao seu companheiro.

"Uma vez que estabelecem uma relação, ela provavelmente ficará junto do canguru se estiver cômoda e segura ao seu lado", acrescenta. No entanto, ele esclarece que se trata de um comportamento incomum: "Não é algo visto com frequência, mas se deve a uma situação atípica. São animais que não estão juntos de outros de suas espécies, então, sua única opção é formar uma amizade com outro tipo de animal."


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.