Tamanho do texto

Equipes de busca ainda procuram por dois operários que estariam trabalhando no local no momento do desabamento, no sábado

As fotos foram tiradas pelo engenheiro aposentado Sérgio Veludo. A imagem anterior ao desabamento foi tirada dia 16 de janeiro. A outra imagem, segundo o engenheiro, foi tirada após do desabamento, assim que a poeira assentou. O prédio de mais de 30 andares seria o mais alto da região.

Nesta segunda-feira, cerca de 500 operários da construção civil de Belém protestaram em passeata pelas ruas da cidade contra o desabamento, no sábado, do prédio de 34 andares no bairro de São Braz. Com faixas, cartazes e organizados pelo Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, eles paralisaram o trânsito no centro, cobrando a punição dos culpados e exigindo das construtoras melhores condições de trabalho, além de fiscalização das obras em andamento na capital pelas autoridades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.