Tamanho do texto

O bazar para venda de bens do megatraficante de drogas colombiano Juan Carlos Ramírez Abadía, que teria início ao meio-dia de hoje, só foi aberto depois das 14 horas, segundo informações do Jockey Club de São Paulo. O motivo foi o grande número de pessoas, cerca de 5 mil, que estavam tentando entrar ao mesmo tempo no local, causando um tumulto.

Policiais militares que estavam no local receberam reforço para organizar a entrada gratuita dos consumidores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.