Tamanho do texto

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) cassou ontem o mandato do deputado estadual Perboyre Diógenes, eleito pelo PSL, após ser comprovado abuso de poder econômico. De acordo com a ação de impugnação de mandato eletivo ajuizada pela Procuradoria Regional Eleitoral, a construção de cinco açudes comprova manobra do político para captação de votos.

Além da cassação, o TRE também decidiu torná-lo inelegível por um período de três anos.

A ação foi ajuizada em janeiro de 2006 pelo procurador da República Oscar Costa Filho. No documento, o Ministério Publico Eleitoral (MPE) demonstrou que havia um apoio expresso da administração municipal de Saboeiro à candidatura de Diógenes. Segundo a procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues, as provas de abuso de poder estavam asseguradas pela apreensão de bens, entre eles dinheiro em espécie, além de depoimentos de testemunhas.