Tamanho do texto

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) teve de julgar nesta semana um caso inusitado, envolvendo o personagem Mister M que, em 1999, no programa Fantástico, da TV Globo, revelava os segredos dos mágicos. Os ministros da 4ª Turma da Corte rejeitaram um recurso da Associação dos Mágicos Vítimas do Programa Fantástico, que queria ser indenizada pelos supostos prejuízos decorrentes das apresentações de Mister M.

De acordo com a entidade, havia uma intenção deliberada de menosprezar a arte, mostrando os mágicos como embusteiros enquanto que Mister M seria o "paladino da verdade". Antes do STJ, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) já havia desobrigado a TV Globo e a Televisão Gaúcha de pagarem a indenização pelos alegados danos morais e materiais sofridos pela associação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.