Tamanho do texto

Moradias provisórias foram montadas por moradores desalojados do prédio invadido, no centro da capital. Ação foi pacífica na quinta-feira (2)

Barracas são desmontadas nesta manhã na avenida São João, no centro de São Paulo
AE
Barracas são desmontadas nesta manhã na avenida São João, no centro de São Paulo
Agentes da Prefeitura de São Paulo começaram a desmontar, no início da manhã desta sexta-feira, com o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM), barracas montadas por moradores desalojados do prédio invadido no centro de São Paulo. Eles montaram moradias provisórias durante o cumprimento de uma ordem de reintegração de posse, na avenida São João, realizada na manhã de quinta-feira (2).

Entenda o caso: PM cumpre reintegração de posse em prédio invadido no centro

Durante a reintegração de posse, cerca de 230 famílias de sem-teto foram obrigadas a sair do prédio. Após o aviso da decisão judicial, aproximadamente 400 pessoas, que vivem há 4 meses no local, iniciaram uma manifestação. A ação policial teve início às 8h30.

Segundo a PM, a ação foi pacífica e não foi necessária a presença da Tropa de Choque no local. Por volta das 9h10, alguns moradores já eram vistos deixando o prédio e colocando todos os seus pertences em caminhões da prefeitura e na calçada das avenidas Ipiranga e São João.

Veja imagens da reintegração de posse que ocorreu na quinta:

* com AE M

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.