Tamanho do texto

Empresário teria sido vítima de tentativas de homicídio em Sorocaba, no dia 10, e na capital paulista, nesta quarta-feira (15)

A Polícia Civil de São Paulo apura se o empresário Munir Mohamad Jamul foi vítima de dois atentados a tiro em cinco dias, um no interior do Estado, no último dia 10, e outro na capital paulista, nesta quarta-feira (15).

Leia também: PM tenta evitar assalto e morre baleado em supermercado em São Paulo

Carro do empresário que foi baleado nesta quarta-feira, no Itaim Bibi, em São Paulo
AE
Carro do empresário que foi baleado nesta quarta-feira, no Itaim Bibi, em São Paulo

Nesta quarta-feira à noite, o empresário foi atacado no início na avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo. Ele estava no banco do passageiro de seu veículo, um Mercedes Benz preto, ao lado dos filhos.

Segundo o delegado Henri Paul Verduraz, titular do 15º Distrito Policial, do Itaim Bibi, dois motoqueiros surgiram e um deles atirou três vezes. Um dos disparos atingiu o peito do empresário, que foi levado para o pronto-socorro do Hospital São Luiz, na região, onde passou por cirurgia e não corre risco de morte.

Segundo o delegado, o caso não se trata de uma tentativa de assalto, pois os criminosos simplesmente se aproximaram, atiraram e fugiram. Verduraz acredita em crime encomendado, já que o empresário havia sido vítima de tentado semelhante no último dia 10 em Sorocaba, no interior do Estado.

Com AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.