Tamanho do texto

Edmilson Alves, de 59 anos, teria sofrido mal súbito ao volante. Participantes de um baile funk espancaram condutor, que morreu no hospital

Um motorista de ônibus foi espancado no domingo à noite (27) na zona leste de São Paulo. Edmilson dos Reis Alves, de 59 anos, foi agredido após perder o controle do veículo e bater em um carro. A polícia informou que ele teve um mal súbito ao volante, o que teria feito bater o ônibus. A agressão ocorreu na Rua Torres Florêncio e Rielli, altura do número 285, no Jardim Planalto.

Condutor teria passado mal e perdido controle. Cerca de 300 pessoas participaram da agressão
AE
Condutor teria passado mal e perdido controle. Cerca de 300 pessoas participaram da agressão

Na região do acidente era realizado um baile funk e cerca de 300 participantes da festa agrediram o motorista. Havia passageiros dentro do coletivo na hora da agressão. Ainda segundo a polícia, o freio de mão do veículo chegou a ser destravado durante o espancamento. Com isso, o ônibus depredado desceu a rua e bateu em outros dois carros e três motos.

Alves foi socorrido e encaminhado ao Hospital Sapopemba, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A polícia ainda não sabe se em consequência do mal súbito ou das agressões. O caso foi registrado no 69º Distrito Policial. Até o momento, ninguém foi preso.

*com AE

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.