Tamanho do texto

Traição pode ter sido motivo do crime. Vigilante atingido com um tiro na cabeça poderia ser amante da mulher do autor dos tiros

selo

Um homem armado invadiu um pronto-socorro em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, na tarde de segunda-feira (31), e atirou em quatro pessoas, segundo informações da Polícia Militar. O crime aconteceu no Pronto-Socorro Alvarenga por volta das 18h. Até o momento a polícia não conseguiu localizar o homem, que conseguiu fugir logo após os disparos.

Polícia realiza perícia no pronto-socorro. Vigilante levou tiro na cabeça e está internado
AE
Polícia realiza perícia no pronto-socorro. Vigilante levou tiro na cabeça e está internado


De acordo com a polícia, uma possível traição pode ter sido o motivo do crime. Um dos feridos, o segurança do Hospital, poderia ser amante da mulher do autor dos tiros. O segurança, que segundo informações levou um tiro na cabeça, foi encaminhado em estado grave ao Hospital Serraria, em Diadema.

Depois que atirou contra o vigilante, o suspeito teria perseguido a vítima pelo corredor que dá acesso ao setor do pronto-socorro. Durante a ação, outras outras pessoas foram baleadas. Outro segurança e dois  pacientes foram atingidos, um no pé e outro na mão. Eles permancem internados no Hospital Municipal Anchieta, em São Bernardo.