Tamanho do texto

Polícia informou que grupo que assaltou uma joalheria em 2008 tinha diversos núcleos que trocavam de integrantes entre si

selo

Cinco pessoas foram detidas na tarde desta terça-feira (14) durante cumprimento de mandados de prisão, em diversos bairros da zona sul de São Paulo, acusados de participar de uma quadrilha especializada em roubos em joalherias e residências na capital paulista. 

Caso recente: Homens armados assaltam joalheria no shopping Ibirapuera

Investigações da Delegacia de Investigações sobre Furto e Roubo de Joias revelaram que o grupo, que assaltou uma joalheria em 2008, tinha diversos núcleos e intercambiava integrantes. 

Foram detidos Guilherme de Oliveira Goês, de 19 anos, Philipe de Siqueira Souza, de 20, Ailton de Souza Santos, de 31, Diego Rodrigues dos Santos, de 21, e um adolescente, de 17. As ações aconteceram no Parque Sônia, Jardim Elidy e Capão Redondo. 

Os policiais apreenderam um colete balístico, um revólver calibre 32, munições de fuzil e pistola e um computador contendo fotos de joias e dinheiro, possivelmente produtos conseguidos durante os ataques. A polícia vai apurar o motivo da produção das imagens. "Existe suspeita dos envolvidos postarem as imagens na Internet para exibir seus feitos para outros bandos como se fossem troféus", comentou o delegado titular Júlio César Teixeira. 

O bando, durante as investigações, também atacou uma equipe da delegacia. Em outubro do ano passado, dois policiais foram feridos por disparos de fuzis durante uma apuração em Campo Limpo. A equipe ainda procura o garçom Alex Figueiredo da Silva, de 21 anos, que participou de roubos e do ataque aos policiais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.