SP tem o menor índice de roubos no primeiro semestre nos últimos 11 anos
Pixabay
SP tem o menor índice de roubos no primeiro semestre nos últimos 11 anos

O estado de São Paulo registrou no primeiro semestre de 2022 o menor patamar de roubos nos últimos 11 anos. O resultado é fruto da Operação Sufoco, que foi deflagrada em abril para reduzir os indicadores criminais.

A ação dobrou o número de policiais na Capital por meio de atividades extras e reforçou o policiamento em outras regiões do Estado, integrando policiais civis, militares e guardas municipais.

Com queda de 5,9% nos roubos em geral em relação a 2019, os roubos passaram de 126,5 mil casos para 119 mil. Nesse período, o segundo ano com melhor indicador é 2012, com 123,1 mil casos, seguido por 2013, com 124,1 mil.

O levantamento não considera 2020 e 2021, pois são anos da pandemia com restrição de circulação. Nos últimos dois anos, São Paulo viveu um período de grande isolamento social para enfrentar a pandemia do coronavírus, o que impactou diretamente a dinâmica criminal.

Em 2020, a média de pessoas que permaneciam em suas casas, medida pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), foi de 45%. Já em 2021, o número ficou em 42%. A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo registrou 116 mil roubos em 2020 e 108,7 mil em 2021.

O primeiro semestre com maior registro de roubos foi o de 2014, com 161.383 casos, seguido por 2017, com 161.324. Logo em seguida, estão 2016 com 160,7 mil roubos e 2015, com 152,2 mil.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários