O governo do estado de São Paulo divulgou neste sábado (11) os números atualizados de mortes e infecções pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Até o momento, 560 pessoas morreram e outras 8.419 foram contaminadas pela doença.

Leia também: Pico da Covid-19 deve ocorrer no fim de abril e começo de maio

Coronavírus
Rovena Rosa/Agência Brasil
coronavírus


A Covid-19 já foi registrada em 160 cidades paulistas. Segundo o governo do estado, em 61 delas houve pelo menos uma morte. 

Na sexta-feira (10), o estado chegou ao número de 540 mortes, 44 a mais que o registrado no boletim divulgado quinta (9). Este número mais do que dobrou na última semana no estado. Há uma semana, em 4 de abril, eram 260 mortes, segundo divulgou a Secretaria Estadual de Saúde.

Leia também: São Paulo tem 65% dos leitos para pacientes com Covid-19 ocupados

Com o crescimento dos números, o governador João Doria afirmou que se o isolamento social não for respeitado, medidas devem endurecer . “Queria evitar isso, porque isso significa que pessoas não poderão apenas receber advertências, mas também multa e voz de prisão. Desejo ter que evitar isso. As pessoas precisam ter consciência", disse Doria.

O governo de São Paulo  ampliou a quarentena no estado a partir desta quarta-feira (8) até o dia 22 de abril. A medida segue sem flexibilizações, e foi tomada para conter o avanço do coronavírus no estado. A determinação seguirá com o fechamento do comércio, mantendo o funcionamento apenas de serviços essenciais.

    Veja Também

      Mostrar mais