Tamanho do texto

Ato convocado pelo Movimento Passe Livre foi marcado por catracas queimadas; PM diz ter apreendido coquetéis molotov

Manifestantes carregam faixa em frente ao Theatro Municipal de SP
Newton Menezes/Futura Press - 29.10.15
Manifestantes carregam faixa em frente ao Theatro Municipal de SP

Três pessoas foram detidas durante protesto em defesa da tarifa zero no transporte público, realizado nesta quinta-feira (29) na região central de São Paulo. O ato foi convocado pelo Movimento Passe Livre (MPL), mesmo grupo que iniciou a jornada de manifestações que tomou as ruas do país em junho de 2013.

De acordo com a Polícia Militar, as três pessoas detidas levavam dois coquetéis molotov, dois martelos, um soco-inglês e dois sprays (a corporação não soube especificar o conteúdo das latas de sprays). O trio foi encaminhado ao 78º Distrito Policial, nos Jardins. Eles foram liberados por volta das 21h30, após a chegada de advogados parceiros do MPL.

O ato teve início em frente ao Theatro Municipal de São Paulo e terminou por volta das 20h30 em frente ao prédio da Prefeitura de São Paulo. O MPL estima que cerca de 1.000 pessoas participaram da manifestação, que contou com faixas e a queima de catracas no viaduto do Chá. A polícia não divulgou estimativas de público para a manifestação.