Tamanho do texto

Segundo MTST, a área com 300 mil m²é uma Zona Especial de Interesse Social destinada à construção de moradia popular

De acordo com os militantes, 600 famílias participam da ocupação do terreno
Divulgação/MTST
De acordo com os militantes, 600 famílias participam da ocupação do terreno

Militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto ocuparam na madrugada deste sábado (13)  um terreno no bairro Iguatemi, zona leste paulistana.

Segundo os dirigentes do movimento, a área, que fica próxima a Avenida Bento Guelfi, tem 300 mil metros quadrados, é um Zona Especial de Interesse Social destinada à construção de moradia popular. “Mas está abandonada há anos sem cumprir sua função social, servindo apenas para especulação imobiliária”, diz um comunicado divulgado nas redes sociais.

De acordo com os militantes, 600 famílias participam da ocupação do terreno que tem grande potencial para estabelecimento de residências para famílias de baixa renda. “O terreno tem condições de construir milhares de moradias populares para as famílias que hoje vivem de aluguel ou em área de risco”, acrescenta a nota.

A Polícia Militar informou que a área foi ocupada pouco antes das 2h da madrugada de hoje por um grupo de 70 pessoas.

Veja fotos de alguns dos mais marcantes atos do MTST


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.