Tamanho do texto

Sites de jornais como o americano "The New York Times" e o britânico "The Guardian" publicam notícias e fotos do desastre

A tragédia que atinge a região serrana do Rio de Janeiro é destaque na imprensa internacional nesta quinta-feira. Os sites de alguns dos jornais mais importantes do mundo, como o americano "The New York Times" e o britânico "The Guardian", publicaram notícias e fotos do desastre.

O Rio é manchete do site do "Guardian", cuja cobertura inclui galeria de fotos e vídeos da tragédia. Enviado a Teresópolis, a cidade mais afetada, o repórter Tom Phillips entrevistou moradores como Mário Sérgio Macaro, 22 anos, que descreveu a situação como caótica. "É uma calamidade pública, nunca vi algo assim", afirmou o entrevistado.

O site da emissora britânica BBC também deu manchete para a situação no Rio e publico, ainda, galeria de fotos e mapa da região.

O "The New York Times" afirma que chuvas fortes e deslizamentos matam centenas no Brasil todos os anos, especialmente durante o verão. "Os mais atingidos são os pobres, cujas frágeis casas muitas vezes são construídas em encostas íngremes", diz o texto.

A reportagem do jornal espanhol "El País" lembra que, em fevereiro do ano passado, 72 morreram após 44 dias de chuva em São Paulo. O diário também destaca que a presidenta Dilma Rousseff visitará a região da tragédia nesta quinta-feira.

O diário argentino "La Nación" diz que a "tragédia climática" é o primeiro grande desafio de Dilma, enquanto o "Clarín" informa que as chuvas também afetam São Paulo em Minas Gerais, sem causar tantas mortes.

O desastre no Rio também foi noticiado nos sites do jornal francês "Le Monde", do italiano "Corriere della Sera", do chileno "La Tercera", do colombiano "El Tiempo", entre outros.