Tamanho do texto

Somente Teresópolis tem 244 pessoas desaparecidas após chuvas. Pelo menos 29 mil tiveram que deixar as casas no Estado

O Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro divulgou, nesta quarta-feira, uma nova lista com os nomes dos desaparecidos após as fortes chuvas que devastaram a região serrana no último dia 12. Já chegam a 541 pessoas.

A pior situação é a da cidade de Teresópolis, que ainda tem 244 pessoas desaparecidas; Nova Friburgo vem em seguida, com 185 pessoas. Outros municípios com registros de desaparecimento são: Petrópolis (65 pessoas), Sumidouro (quatro), Bom Jardim e São José do Vale do Rio Preto (com duas cada) e Cordeiro (uma).

Há ainda 38 desaparecidos cujo local de origem não foi informado. A lista com todos os nomes pode ser consultada no site do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro . Os registros de desaparecimento de familiares ou conhecidos também pode ser feito por meio de formulário no site .

Segundo último balanço da Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio, há mais de 29 mil pessoas que perderam suas casas ou tiveram que deixá-las por causa das chuvas.

O número de desabrigados (que estão em abrigos públicos) chega a 8.914, enquanto os desalojados (que estão em casas de conhecidos e parentes) são 20.532.

Teresópolis é novamente a cidade com o maior número de pessoas fora de casa: há 5.058 desabrigados e 6.120 desalojados. Nova Friburgo tem 5.251 entre desalojados e desabrigados.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.