Tamanho do texto

Petistas contrários à aliança entre o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), em torno da candidatura de Márcio Lacerda (PSB) fizeram uma representação ao Diretório Nacional pedindo intervenção na direção do partido em Belo Horizonte. No documento, os petistas afirmam que o acatamento por parte do diretório municipal da decisão da direção nacional de proibir a participação do PSDB na coligação foi apenas na aparência.

Eles cobram também uma "censura pública" a Pimentel e ao deputado estadual Roberto Carvalho (PT) - candidato a vice na chapa de Lacerda - "para que não participem de mais nenhuma atividade de campanha em que estejam presentes o governador Aécio Neves e o PSDB, inclusive nos programas de rádio e na TV".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.