Tamanho do texto

Oitenta pessoas morreram em 1.773 acidentes nas estradas federais do Brasil entre quinta-feira e ontem e 1.

095 ficaram feridas. Os dados do feriado prolongado do Dia do Trabalhador foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) hoje. Segundo a corporação, em comparação ao feriado prolongado da Semana Santa deste ano, houve queda de 5,35% no total de acidentes, de 5,88% no de mortos e de 4,28% no de feridos. No entanto, a PRF informou que o movimento nas BRs foi menor que o registrado na Semana Santa.

As rodovias mineiras contabilizaram o maior número de acidentes: 337. Consequência das chuvas, de acordo com a PRF. Em seguida, aparecem Santa Catarina e Paraná com 191 e 164, respectivamente. São Paulo teve 141 e o Rio Grande do Sul, 139. Minas Gerais também apresentou o maior número de mortes: 18. Rio Grande do Sul ficou em segundo no ranking, com oito. Os Estados do Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Bahia acumulam sete mortes, cada um. São Paulo contabilizou seis. Nos quatro dias do feriado, os policiais rodoviários flagraram 558 motoristas embriagados. Desses, 272 acabaram presos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.