Tamanho do texto

SÃO PAULO - Entre dez capitais brasileiras, São Paulo obteve o maior índice de avaliação da vida sexual entre regular e péssimo: 25,4% dos homens e 29,1% das mulheres não estão satisfeitos com a vida sexual. Enquanto isso, na média do País, 20,5% dos homens e 23,6% das mulheres no Brasil se dizem insatisfeitos com o sexo que praticam.

Os dados foram revelados pela pesquisa Mosaico Brasil, conduzida pela coordenadora do Projeto Sexualidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da USP, Carmita Abdo.

No total, foram ouvidos 8.237 homens e mulheres com mais de 18 anos de dez capitais. Em São Paulo, foram 1.526 pessoas. O objetivo é revelar como o brasileiro avalia seu desempenho e satisfação sexual.

O ranking das capitais aponta que em Cuiabá 13,8% dos homens e 21,2% das mulheres consideram a vida sexual como regular ou péssima. Em seguida está Manaus, com 15,8% dos homens e 15,8% das mulheres; Belo Horizonte, 17,2% dos homens e 24,4% das mulheres; Curitiba, 17,5% dos homens e 20,5% das mulheres; Porto Alegre, 17,9% dos homens e 19% das mulheres; Rio, 22,2% dos homens e 21,5% das mulheres; e Salvador, 22,7% dos homens e 28,9% das mulheres. As informações são do Jornal da Tarde .

Leia mais sobre: vida sexual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.