Tamanho do texto

Quinhentos sacos pretos cheios de areia simbolizando vítimas da violência no Estado foram espalhadas hoje na areia da praia de Boa Viagem, no Recife. O protesto, coordenado pela Organização Não-Governamental Recife Pela Paz, em parceria com a ONG Rio de Paz, visa a pressionar o poder público a enfrentar a escalada da violência no Estado.

Nos quatro primeiros meses do ano, 1.511 pessoas foram assassinadas em Pernambuco.

Os integrantes do blog PEbodycount - responsáveis pela instalação de um relógio digital, na Rua Joaquim Nabuco, no bairro do Derby, que atualiza diariamente o número de homicídios ocorridos no Estado - participaram da atividade colocando o nome de 100 das 1.511 pessoas
mortas nos sacos.

Os integrantes das ONGs recolheram assinaturas para um manifesto que deverá ser entregue ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo é chegar a um milhão de assinaturas. O manifesto pede, entre outros pontos, que a redução de homicídios seja colocado como prioridade das políticas de segurança pública, com metas; o reforço do policiamento ostensivo em áreas de maior incidência de crimes, além de políticas públicas de atendimento aos jovens e investigação dos crimes, controle de armas e munições ilegais e punição para os criminosos.

Semana passada, no Aterro do Flamengo, no Rio, o Rio de Paz colocou duas mil cruzes em protesto contra a violência. De acordo com a ONG, o Brasil tem 27 homicídios por 100 mil habitantes, índice considerado
muito elevado. Nos Estados Unidos é de 5,6 e na Itália
1.

#ET

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.