Tamanho do texto

Mais de 2 milhões foram afetados pelos estragos causados pelas chuvas em 97 municípios. Mau tempo deve continuar

Subiu de 31 para 35 os municípios de Minas Gerais em situação de emergência por causa das fortes chuvas, segundo boletim divulgado nesta quarta-feira (28) pela Defesa Civil estadual.

Leia também:
Governo: Anastasia relaciona “mudança no regime das chuvas” a estragos
Tempestade em MG: Chuvas abrem buracos e derrubam árvores em Belo Horizonte
Destruição: Chuvas provocam alagamentos e estragos em Belo Horizonte
Problema com data marcada: "Eles serão menores, mas nós teremos prejuízo"

As cidades de Alagoa, Claro dos Poções, Alvinópolis e Timóteo decretaram situação de emergência depois de registrarem pontos de alagamento, deslizamentos de terra e destruição de pontes e estradas nos últimos dias.

Até o momento, mais de 2,08 milhões de pessoas foram afetadas pelos estragos das enxurradas em 97 municípios. De acordo com a Defesa Civil, 7.848 estão desalojadas (tiveram que deixar suas casas) e 374 desabrigadas (perderam a casa). Foram registradas duas mortes em Reduto e Governador Valadares. O número de feridos chega a 31.

A previsão é de que a chuva forte continue até a próxima semana, já que uma frente fria deve ficar sob a região de Minas Gerais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.