Tamanho do texto

Autoridades sanitárias do México confirmaram ontem 300 casos de gripe suína entre um total de 679 pessoas testadas até agora; 12 pessoas morreram em função da doença. O Secretário de Saúde, José Cordova, disse nesta quinta-feira que as autoridades já gastaram 1,6 bilhão de pesos mexicanos (US$ 116 milhões) em equipamentos médicos e medicamentos desde o início da epidemia.

O presidente do México, Felipe Calderón, pediu, em discurso à nação, que as pessoas aproveitem o feriado de 1º de Maio para permanecer em casa e evitar a transmissão do vírus. "Não há lugar mais seguro para evitar contagiar-se do vírus da gripe suína que sua própria casa", afirmou o presidente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.