Tamanho do texto

A senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva(PT-AC) rebateu hoje a versão que vinha circulando nos bastidores do governo de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não a teria colocado no Programa Amazônia Sustentável (PAS) por não considerá-la uma pessoa isenta. É preciso qualificar melhor o que é ser isenta.

É alguém sem ponto de vista?", indagou. E completou: "Para mim, isenta é quem consegue mediar opiniões diferentes mesmo tendo um ponto de vista. Aí, eu sou isenta".

Marina Silva concedeu uma longa entrevista coletiva, durante a qual expôs os motivos que a levaram a pedir, na terça-feira, demissão do cargo. Ao término da entrevista, um líder seringueiro, chamado Pedro Ramos, entregou à ministra um buquê de flores. A entrevista contou com a participação de ambientalistas e funcionários do Ministério do Meio Ambiente, que aplaudiram a ministra por diversas vezes, uma delas quando a ministra listou ações tomadas na área de meio ambiente durante a sua gestão no Ministério.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.