Tamanho do texto

BRASÍLIA - O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou, nesta quarta-feira, que a morte dos três jovens do Morro da Providência, que foram entregues à traficantes do Morro da Mineira, onde foram assassinados, na cidade do Rio de Janeiro, foi um ¿ato insano¿.