Tamanho do texto

LOS ANGELES (Reuters) - O ex-ídolo adolescente Leif Garrett foi libertado sob pagamento de fiança nesta quarta-feira, depois de ser preso e autuado por posse de heroína pela polícia, que o viu com agitação e sudorese em uma estação do metrô, afirmou um porta-voz da polícia. Garrett, um ator infantil dos anos 1970 e cantor de vários sucessos da era disco, entre eles I Was Made for Dancing, foi preso na segunda-feira quando a polícia o abordou em uma estação do metrô em Los Angeles porque ele mostrava sintomas de dependência de drogas, como agitação e sudorese, disse o porta-voz Steve Whitmore.

Os agentes revistaram Garrett e encontram heroína, afirmou Whitmore. O ator deve comparecer ao tribunal em 24 de fevereiro.

Uma porta-voz do artista não respondeu às ligações para comentar o caso.

Garrett, de 48 anos, lutou contra o uso de drogas por anos, e em 2006 foi preso por posse de heroína e condenado a 90 dias de prisão depois de abandonar um tratamento.

Nos anos 1970, ele interpretou músicas como "Surfin' U.S.A." e "The Wanderer", e foi estampado regularmente em capas de revistas adolescentes como Tiger Beat.

Em 1998, parte de suas músicas foi compilada e lançada em um novo álbum, "The Leif Garrett Collection". Mais recentemente, ele teve um papel de coadjuvante no filme "Popstar", de 2005, como um faxineiro.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)