Tamanho do texto

Duas pessoas tiveram a prisão preventiva decretada na noite de ontem pela Justiça em razão da chacina que deixou 15 mortos e oito feridos em Guaíra, a cerca de 640 quilômetros de Curitiba, no oeste do Paraná. Há uma suspeita contra outra pessoa, ainda não totalmente identificada, mas ainda não há decretação de prisão.

De acordo com a polícia, a chacina foi cometida em razão de uma dívida de R$ 4 mil, decorrente do narcotráfico, e por vingança, devido a uma morte ocorrida recentemente. O confronto teria se dado entre duas quadrilhas rivais. Além de cerca de 200 policiais espalhados pela região, houve pedido para que autoridades paraguaias ajudem na busca dos suspeitos, pois eles podem ter fugido para aquele país, cruzando o Lago de Itaipu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.