Tamanho do texto

O ex-secretário de Saúde na gestão de Rosinha Matheus (PMDB), Gilson Cantarino, está entre os presos hoje na Operação Pecado Capital, realizada pelo Ministério Público do Estado com apoio da delegacia fazendária da Polícia Civil, que investiga os crimes de desvio de verba pública e contratação irregular de funcionários na Secretaria de Saúde. A acusação atribuída especificamente a Cantarino ainda não foi detalhada.

Segundo o MP, a quadrilha agiu em 2005 e 2006, quando teria desviado aproximadamente R$ 60 milhões. Mais cedo, o MP divulgou que 6 dos 14 mandados de prisão preventiva expedidos pela 21.ª Vara Criminal já foram cumpridos. Também estão confirmadas as prisões da ex-subsecretária de Assistência em Saúde Alcione Athayde - ex-deputada federal e prima do ex-governador Anthony Garotinho -, e de Itamar Guerreiro, ex-assessor de Garotinho na época em que ele foi secretário de Segurança, no governo de Rosinha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.