Tamanho do texto

O Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de Pernambuco prendeu nesta terça-feira 33 pessoas acusadas de envolvimento com grupos de extermínio, com atuação na Zona da Mata e região metropolitana do Recife, durante a Operação Dragagem.

Entre os presos estão dois policiais militares e quatro guardas municipais do município de Ribeirão, na Zona da Mata.

Os seis são apontados como líderes do grupo que seria responsável por 18 assassinatos desde outubro do ano passado.

Participaram da operação 290 policiais civis e militares. Documentos falsos e armas também foram apreendidos na operação.

Leia mais sobre: grupo de extermínio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.