Tamanho do texto

SÃO PAULO - A queda de um elevador de carros de um edifício no centro de Ribeirão Preto, no interior paulista, provocou duas mortes neste sábado.

Os dois homens, de uma empresa terceirizada de São Paulo que prestava serviços para a companhia Atlas, faziam a manutenção e a troca de cabos do elevador, o único da cidade que transporta carros, no prédio exclusivo de estacionamento. O elevador caiu do 10º andar.

Uma das vítimas estava no elevador no momento do acidente. O outro estava no subsolo e, com a queda, perdeu uma perna. Ele foi socorrido na Unidade de Emergência (UE) do Hospital das Clínicas (HC), mas não resistiu aos ferimentos. Os nomes dos dois mortos não foram divulgados.

O engenheiro da empresa Atlas, Marcelo Seixas de Castro, que estava no Edifício Everest, informou que quatro funcionários da empresa terceirizada estavam fazendo o serviço de manutenção do elevador. Dois deles estavam na casa de máquinas. A causa do acidente será investigada. A Polícia Civil interditou o local para a perícia.

Leia mais sobre: acidente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.