Tamanho do texto

A nota enviada ontem sobre a criação do projeto piloto para validação dos diplomas dos brasileiros formados em medicina em Cuba contém um erro. O projeto foi proposto pelo Conselho Pleno da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e não pelo Conselho Pleno do Conselho Nacional de Educação (CNE).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.