Tamanho do texto

Quando parece que a vida não anda e que tudo o que se deseja fazer nunca dá certo, muita gente apela para um bom e revigorante banho de sal grosso. Sim, aquele tradicional, de entrar debaixo do chuveiro e se empanturrar de sal do pescoço para baixo.

Além dessa técnica - geralmente passada de mãe para filho -, especialistas garantem que a ‘uruca’ pode sumir com a ajuda das ervas. E mais: elas também ajudam a melhorar a circulação, levam embora o estresse e até auxiliam durante a gravidez.

"As pessoas me questionam se realmente faz bem tomar banho com ervas. Como tudo na vida, isso depende da vontade da pessoa de querer que aquilo lhe faça bem, mas uma coisa é certa: mal não faz", garante a terapeuta holística Fabiana Cardoso.

Segundo a pedagoga Tânia Cristina Bandeira, coordenadora do projeto A Magia do Gestar, do Centro de Desenvolvimento Humano Corpo & Essência, os benefícios para a saúde dos banhos, tanto de imersão quanto aqueles tomados embaixo do chuveiro, são enormes. "Entre outros, relaxa, alivia o estresse, reequilibra os hormônios e desintoxica", acredita.

A profissional enfatiza que o tratamento é benéfico para as gestantes, pois evita possíveis dores e cansaço. "A água morna, misturada com ervas e óleos essenciais, auxilia na desintoxicação e na drenagem. Ele traz serenidade e minimiza a ansiedade e a insônia", explica Tânia.

Cheirinho bom - Segundo Laura Pires Camargo, terapeuta do Spa Móvel Dr. Vinholis, o aroma das ervas também tem propriedades terapêuticas. "O nariz está ligado ao cérebro, ele é a porta para a consciência. Se fizermos uma limpeza cerebral por meio de aromas aspirados, teremos ainda mais benefícios."

Eduardo Diório

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.