Tamanho do texto

BRASÍLIA - A bancada do Distrito Federal (DF) no Congresso Nacional e o governador de Brasília, José Roberto Arruda, irão apoiar à candidatura do desembargador Dácio Vieira ao cargo de ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão foi tomada durante um café da manhã na residência do governador de Brasília e deverá ser apresentada, ainda sem data definida, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dácio, que pertence ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) e ao Tribunal Regional Eleitoral (TER), concorrerá a uma das vagas destinadas ao STJ para substituir o ex-presidente do Tribunal Raphael de Barros Monteiro, que se aposentou, e Hélio Quaglia Barbosa, que morreu em fevereiro. O magistrado disputa as vagas com os desembargadores Luís Felipe Salomão, Marcus Vinícius de Lacerda Costa e Geraldo Og Niceas Fernandes.

Após a escolha do presidente Lula, o magistrado deverá ser submetido a uma sabatina no Senado, segundo informações do jornal Correio Braziliense.

Leia mais sobre: Supremo Tribunal de Justiça


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.