Tamanho do texto

O avô da menina Isabella Nardoni, o advogado tributarista Antônio Nardoni, criticou hoje o trabalho da Polícia Civil de São Paulo. Ao sair da sua casa, Antônio Nardoni disse que a polícia desconsidera provas que são importantes e pesariam a favor da inocência do filho Alexandre Nardoni e da nora Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, indiciados pela morte de Isabella, que caiu do sexto andar do prédio onde o casal mora, na Vila Mazzei, na zona norte da capital paulista.

Segundo o avô dela, a polícia também não deu importância a alguns depoimentos relevantes. Antônio Nardoni foi ao apartamento dos pais de Anna Carolina, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Antes, ele esteve no escritório onde trabalha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.