Tamanho do texto

Uma lancha com cinco armas e munições foi apreendida hoje pela Capitania dos Portos em Bertioga, na Baixada Santista. As armas supostamente seriam usadas em assaltos a navios fundeados na barra do Porto de Santos.

Os ocupantes da lancha fugiram e ninguém foi preso.

A lancha foi vistoriada durante inspeção naval de rotina realizada pela Marinha na área de Monte Cabrão, no canal de Bertioga. De acordo com o Capitão dos Portos do Estado de São Paulo, Afrânio de Paiva Moreira Júnior, cinco homens pularam da embarcação e nadaram até a margem ao perceberem a aproximação do barco da Capitania, que realizaria verificação de documentos e materiais de salvamento. "Eles até deixaram a lancha ligada, o que dificultou a entrada do nosso pessoal, nadaram e fugiram em um Corsa que estava perto da margem", informou Moreira Júnior.

Quatro navios foram assaltados na barra de Santos este ano, todos entre fevereiro e março. O comandante disse que a lancha, do tipo sem cobertura e com casco de alumínio, tinha também um estoque de munição. As armas eram "três escopetas calibre 12 milímetros, uma submetralhadora 9 milímetros e uma pistola de 40 milímetros".

A Capitania dos Portos apreendeu a lancha e vai repassar a documentação à Polícia Federal, que investiga o caso. As armas já estão com a PF. Segundo o Capitão Moreira Júnior, as armas apreendidas hoje se assemelham às utilizadas nos assaltos aos navios, conforme as testemunhas desses crimes relataram em depoimento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.