Tamanho do texto

RIO DE JANEIRO - O ex-deputado estadual do Amazonas Wallace Souza, acusado de comandar uma máfia e de encomendar assassinatos para conseguir imagens para um programa de televisão do qual era apresentador, foi declarado foragido pela polícia, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

Divulgação
Ex-deputado Wallace Souza é procurado

Ex-deputado Wallace Souza é procurado

Souza, que na semana passada teve o mandato cassado devido ao escândalo, está desaparecido desde segunda-feira, quando um juiz expediu um mandado de prisão contra ele em processo por diferentes crimes.

Como o ex-deputado não se apresentou ao tribunal para resolver sua situação legal e como não foi localizado em sua residência ou nos locais de trabalho, as autoridades o declararam foragido.

A direção da Polícia Civil do Estado de São Paulo já ordenou um controle especial no aeroporto e no porto de Manaus, assim como nas estradas que saem da cidade.

Sem privilégios

Wallace Souza perdeu a imunidade parlamentar e agora pode ser processado por um juiz penal comum, na quinta-feira passada, depois que, em uma votação secreta, a Assembleia Legislativa do Amazonas, por 16 votos a favor e quatro contra, cassou seu mandato por ter manchado a honra do poder Legislativo.

Apenas quatro dias depois da perda do mandato, o juiz que o investiga pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de armas e formação de quadrilha ordenou sua captura.

Deputado mais votado

Souza, do PP, foi o deputado mais votado nas últimas eleições legislativas no Amazonas e também era apresentador de um programa de televisão policial.

Sua situação política e legal se agravou no início de agosto, com as acusações de que teria encomendado crimes para ter material atraente para o programa do qual era apresentador.

Segundo as acusações, Souza encomendava assassinatos e depois mostrava cenas das vítimas em seu programa de televisão para aumentar a audiência.

Leia mais sobre deputado Wallace Souza