A delegacia de Ribeirão Cascalheira, onde o homem foi autuado em flagrante
Polícia Civil / Divulgação - 13.07.2022
A delegacia de Ribeirão Cascalheira, onde o homem foi autuado em flagrante

Um homem de 20 anos foi preso, na última segunda-feira, e autuado por maus-tratos contra criança por queimar a filha de apenas 4 meses, em Ribeirão Cascalheira, na região leste de Mato Grosso. A criança deu entrada num hospital com lesões de segundo grau em várias partes do corpo, segundo a Polícia Civil. Ele é também investigado por agressão contra a mulher, de 17 anos.

O caso veio à tona na segunda-feira mesmo. A delegacia de Ribeirão Cascalheira foi comunicada que o bebê havia dado entrada no Hospital Municipal Cristo Rei. De acordo com a Polícia Civil, a mãe da menina também apresentava lesões pelo corpo e sinais de queimadura. A adolescente contou aos agentes que ela, o marido e a filha haviam caído de moto e isso havia provocado os ferimentos.

Os policiais desconfiaram da versão porque o bebê estava com lesões em diferentes partes do corpo. Outro fato que provocou suspeita nos agentes foi o pai não ter ido com a adolescente até o hospital — para a polícia, ele não demonstrou interesse em socorrer a filha.

Os agentes, então, foram até a casa da família onde encontraram o homem dormindo e sem qualquer lesão pelo corpo da suposta queda de moto. O agressor foi levado para a delegacia e autuado em flagrante.

Após a confecção dos autos o preso foi apresentado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça. A mãe e a criança foram encaminhadas para o Hospital Regional na cidade de Água Boa.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários