Rio de Janeiro deve aplicar vacina da Pfizer-BioNTech em crianças entre 5 e 12 anos
Divulgação/Pfizer
Rio de Janeiro deve aplicar vacina da Pfizer-BioNTech em crianças entre 5 e 12 anos

A Prefeitura do Rio pretende iniciar a vacinação contra a Covid-19 em crianças entre 5 e 12 anos, assim que tiver a autorização da Anvisa. A informação foi publicada pelo Portal G1 e confirmada pelo GLOBO. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, a expectativa é de que a campanha seja iniciada para esta faixa etária até fevereiro de 2022.

O imunizante da Pfzier, que de acordo com o laboratório é eficaz para este público, seria o utilizado. Até o momento, a Anvisa ainda não se manifestou sobre esta possibilidade. — Tudo depende da Anvisa. Se autorizarem a vacinação em crianças entre 5 e 12 anos, a iniciaremos de imediato. Seguimos a recomendação de vacinar quem ainda não recebeu doses — diz Soranz, que não acredita que a liberação ocorra ainda neste ano.

No mês passado, a Pfizer e a BioNTech disseram que sua vacina contra a Covid-19 induziu uma resposta imune robusta em crianças de 5 a 11 anos, e planejam pedir autorização para usar o imunizante em crianças nessa faixa etária no Estados Unidos, Europa e outros lugares o mais rápido possível.

Leia Também

Leia Também

As empresas disseram que a vacina gerou uma resposta imune em crianças de 5 a 11 anos em seu ensaio clínico de Fase II / III que correspondeu ao que eles haviam observado anteriormente em adolescentes e jovens adultos de 16 a 25 anos. O perfil de segurança também foi geralmente comparável ao da faixa etária mais velha, eles disseram.

Em agosto deste ano, a Anvisa rejeitou uso da CoronaVac em crianças a partir de 3 anos de idade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários