Delcimar Fortunato, vereador de Anápolis (GO)
Reprodução
Delcimar Fortunato, vereador de Anápolis (GO)

O vereador Delcimar Fortunato (Avante), de Anápolis (GO), disse nesta terça-feira durante sessão ordinária na Câmara de Vereadores do município que "quem morreu [de covid-19], é porque tinha que morrer".

"No momento do colapso [da pandemia], nós não deixamos a desejar. Conseguimos atender a demanda. Quem morreu, é porque tinha que morrer. Não foi por falta de leitos, não foi por falta de profissional. Então, assim, eu quero parabenizar o prefeito Roberto por fazer um trabalho de excelência", disse Fortunato .

Após repercussão negativa nas redes sociais, o parlamentar se desculpou, afirmando que sua fala foi "equivocada". 

Durante a sessão, o parlamentar de Anápolis comparou fez elogios à gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), dizendo que este faz um trabalho "diferenciado" e comparando sua gestão às gestões do PT. 

"Ainda tem pessoas que falam que o Bolsonaro não está trabalhando. O reflexo disso é o que eu disse aqui. É a saúde da nossa cidade. É por isso que o prefeito [de Anapólis] tem conseguido fazer uma administração exitosa porque tem um presidente que tem dado esse apoio. Tem dado condições para os prefeitos, governadores investirem na saúde e o prefeito Roberto fez isso. Fala do presidente Bolsonaro, mas ele está investindo um dinheiro bem investido na saúde, principalmente. É um presidente que fez a diferença. Não tem corrupção. Não tem rolo."

Pedido de desculpas

O deputado divulgou uma nota de esclarecimento nas redes sociais. Ele afirma que sua fala foi "equivocada" e publicou um vídeo explicando a declaração. Veja abaixo.

"Quando eu falei que as pessoas morreram em função da covid, eu quis dizer que não foi por falta de investimento da saúde. Até porque foi uma fatalidade", disse o parlamentar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários