Ministro da Saúde Eduardo Pazuello
Euzivaldo Queiroz/ Ministério da Saúde
Ministro da Saúde Eduardo Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello , disse nesta quarta-feira (24) que o governo federal pretende comprar as vacinas produzidas pelas farmacêuticas norte-americanas Janssen e Pfizer . Sobre a da Pfizer, porém, o chefe da pasta disse que espera que haja uma "autorização clara" que flexibilize as cláusulas de contrato impostas pela farmacêutica.

"Temos sido muito duros e eles (laboratórios), mais duros que a gente, ou seja, eles não afrouxam uma vírgula (dos contratos). Nós levamos o problema ao governo, que está tratando isso junto ao Congresso e está se discutindo a possibilidade de termos flexibilização de lei para isso", disse.

"É um alto nível de discussão, é um nível de governo e Congresso Nacional (...) Se vier uma autorização clara flexibilizando todas as atividades, sim, nós vamos comprar da Pfizer e da Janssen", acrescentou.

A vacina da Pfizer foi aprovada de maneira definitiva pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na última terça-feira (23). Trata-se do único imunizante a ter autorização para uso em massa no país para grupos específicos; a CoronaVac e a de Oxford/AstraZeneca, estão sendo aplicadas com aval emergencial.

Bolsonaro também comentou sobre as tratativas com a Pfizer, que já duram mais de seis meses. Segundo ele, quem der a última palavra sobre a autorização de compra terá nas mãos uma questão de "extrema responsabilidade".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários