Americano é preso no Rio de Janeiro por abusar sexualmente de uma menina de 14 anos.
Reprodução
Americano é preso no Rio de Janeiro por abusar sexualmente de uma menina de 14 anos.

Um americano, auxiliar técnico de informática, foi preso no Rio de Janeiro acusado de abusar sexualmente uma menina de 14 anos. Jason Roy Hutchinson, teria financiado a viagem e hospedagem da adolescente, de sua mãe e irmão de dois anos. De acordo com as investigações, a menor estaria sendo submetida a prostituição e sua família vivia com a renda arrecadada com a exploração.

Segundo as informações divulgadas pelo delegado Felipe Santoro, da 13ª DP (Ipanema), Roy teria se hospedado no quarto ao lado da menina e de sua família, em um hotel cinco estrelas, com diária em torno de R$1.500, no bairro de Copacabana. Todos moram em São Paulo e tiveram suas despesas pagas pelo abusador, em prol de que o encontro com a menor acontecesse.

"Diante de todas as provas colhidas, acreditamos que a vítima vinha sendo explorada sexualmente há algum tempo, já que a mãe não trabalha e acompanha a filha em diversas viagens. Ela, inclusive, lhe instruía a como agir com os clientes", declara delegado Santoro.

Em seguida, após as denúncias , a polícia flagrou Roy tendo relações sexuais com a menor no hotel e tiveram acesso as imagens das câmeras de segurança, que mostram eles trocando caricias nos elevadores e em diferentes partes do edifício.

Em seu depoimento à polícia, Roy declara que ele mora em Hermosa Beach, na Califórnia e já havia planejado fazer essa viagem ao Brasil com sua esposa, mas ela é médica, e por estar na linha de frente ao combate a covid-19, se encontrava indisponível para fazer tal deslocamento. Ele confessou ter se encontrado com a menina, mas negou saber sua real idade. A mãe e o abusador serão indiciados pelos crimes de favorecimento da prostituição.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários