Polícia apreende armas de PMs que estavam na comunidade onde meninas foram mortas em Caxias
Reprodução
Polícia apreende armas de PMs que estavam na comunidade onde meninas foram mortas em Caxias

polícia apreendeu as armas dos cinco policiais militares que estavam na região no momento em que as meninas Emilly Victoria, de 4 anos, e Rebeca Beatriz Rodrigues dos Santos, de 7 anos, foram mortas na noite de sexta-feira (4), em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

As duas meninas eram primas e estavam brincando na porta de casa quando foram baleadas. Emilly Victoria, que completaria 5 anos esse mês, tomou o tiro na cabeça. Já Rebeca Beatriz Rodrigues dos Santos levou um tiro no abdômen. Ambas foram enterradas neste sábado (5).

A avó de uma das meninas disse que estava chegando do trabalho. As meninas a esperavam na calçada para comprar um lanche, quando passou um carro da polícia, por volta das 20h. Os familiares disseram que não sabiam se havia algum tipo de perseguição e contaram que viram a polícia atirando.

A Polícia Militar afirma que uma equipeos agentes estavam fazendo um patrulhamento na Rua Lauro Sodré, na altura da comunidade do Sapinho, perto de onde as meninas estavam, quando foram ouvidos disparos de arma de fogo. Segundo a PM, os agentes não dispararam.

Você viu?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários