Rieli Franciscato
Arquivo Pesoal
Coordenador da Frente de Proteção Etnoambiental Uru-Eu-Wau-Wau, Rieli Franciscato

Considerado um dos indigenistas mais respeitados da Fundação Nacional do Índio ( Funai ), o coordenador da Frente de Proteção Etnoambiental Uru-Eu-Wau-Wau, Rieli Franciscato, morreu com um flechada no peito nesta quarta-feira após encontrar com índios conhecidos como "Isolados do Cautário",na região conhecida cmo Linha 6, no município de Seringueiras, em Rondônia.

A informação foi confirmada ao GLOBO por várias entidades indigenistas , entre elas a Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé, que atua na região. A entidade afirma que os indígenas isolados não sabem distinguir protetores de inimigos. "O território deles está sendo invadido e eles estão tentando sobreviver", diz nota.

Rieli chegou ao local após moradores terem avisado a Funai que um grupo de indígenas isolados havia parecido próximo de suas casas, na zona rural de Seringeurias. O GLOBO teve acesso a um áudio de um dos policiais que acompanharam Rieli e viu o momento em que ele foi flechado.

"Ele subiu num morro que tinha e de repente a gente começou a ouvir baruho de flechas. Foi neste momento que ele deu um grito, arrancou a flecha do peito e voltou para trás correndo, conseguiu correr uns 60 metros e já caiu praticamente morto. Nosso amigo se foi, infelizmente"

    Veja Também

      Mostrar mais