Festa do peão de barretos é cancelada
Divulgação
Festa do peão de barretos é cancelada

Pela primeira vez desde o seu surgimento, em 1956, a  Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos não será realizada. A edição deste ano foi cancelada devido à pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2).

O anúncio foi feito, na madrugada de domingo (30) para segunda (31), durante uma live contou com montarias em touros e show do sertanejo Gusttavo Lima.

Com isso, a 65ª edição da festa, que estava programada inicialmente para ocorrer de 20 a 30 de agosto e tinha sido adiada para 28 de outubro a 2 de novembro, só será realizada entre 19 e 29 de agosto do ano que vem.

Nas últimas edições, Barretos tem recebido cerca de 900 mil visitantes em seus 11 dias de evento, gerando, claro, aglomerações. Só o estádio de rodeios, onde ocorrem as montarias e os principais shows, comporta 55 mil pessoas, sendo 35 mil nas arquibancadas e 20 mil na arena.

De acordo com a organização, foi decidido que não haveria condições de realizar o evento em segurança para o público. “ Tentamos e torcemos muito para que tivéssemos condições de realizar a festa ainda neste ano. Mas nossa prioridade é a segurança e a saúde de todos os envolvidos ”, disse Jerônimo Luiz Muzetti, presidente de Os Independentes, associação criada em 1955 e que organiza a festa desde o ano seguinte.  

Além das provas do rodeio, a programação musical deste ano incluía shows de Alexandre Pires, Bruno e Marrone, Matogrosso e Mathias, Jorge e Mateus, Marília Mendonça, Pedro Sampaio, Zé Neto e Cristiano, Edson e Hudson, Cesar Menotti e Fabiano, Rionegro e Solimões e Gusttavo Lima .

[Esta matéria contém informações da Folha . ]

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários