Quatro funcionários com roupas impermeáveis carregam caixão
Jorge Hely / FramePhoto/Agência O Globo
Após erro, Ministério assegura que reforçou orientação de exportação de dados aos estados


O Ministério da Saúde divulgou nota na noite de hoje (19) em que justifica o alto número de casos de Covid-19 em 24 horas . Motivo teria sido instabilidade na exportação de dados por parte dos estados da Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo na última quinta-feira (18).


Hoje, o registro em 24 horas foi de 54.771 novos casos, o que fez Brasil alcançar a marca de mais de 1 milhão de casos . A somatória desses três estados corresponde a 27.436 casos hoje.

A pasta ressaltou novamente as maneiras de exportação de casos que podem ser utilizadas pelos estados, sendo um pelo sistema e-SUS Notifica, diretamente de um aplicativo, e outro por aplicação (API), que é mais indicado por ser mais leve para grandes volumes de dados.

“Ocorre que algumas unidades da federação utilizaram o aplicativo para exportação de dados, o que não é recomendado”, explica o documento.

A nota afirma ainda que o ministério reforçou a orientação aos estados que tiveram problemas e que o Departamento de Informática do SUS (Datasus) “trabalha para oferecer esta mesma tecnologia (aplicativo) para os municípios que tenham um grande volume de dados”.

O documento fecha afirmando que com o encerramento desta semana, que acontecerá amanhã, viabilizará “maior precisão” na análise da evolução da pandemia no Brasil

Confira a nota na íntegra

O Ministério da Saúde esclarece que o aumento no número de casos registrados de ontem para hoje se deu, em parte, devido a uma instabilidade na rotina de exportação dos dados relatados, principalmente, pelos estados da Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo na última quinta-feira (18). Juntos, estes estados representaram um incremente de 27.436 casos novos em relação ao dia anterior.

É importante destacar que existem duas formas de exportação de dados do sistema e-SUS Notifica: diretamente do aplicativo ou por meio de uma aplicação (API). Este último utiliza tecnologia mais leve e é indicado para grandes volumes de dados, caso de secretarias estaduais de saúde e de grandes municípios. Ocorre que algumas unidades da federação utilizaram o aplicativo para exportação de dados, o que não é recomendado.

O Ministério da Saúde prontamente orientou estas localidades a usar somente a exportação via API, que já vinha sendo utilizada pelos estados em momentos anteriores. Em todo caso, o Departamento de Informática do SUS (Datasus) trabalha para oferecer esta mesma tecnologia (aplicativo) para os municípios que tenham um grande volume de dados.

Por fim, cabe destacar que o encerramento da semana epidemiológica no sábado (20/06) permitirá avaliar com maior precisão a variação de casos novos nesta semana em relação à anterior.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários